Homem de Ferro : Crash

HDF-Crash01

A década de 80 foi mesmo uma época muito rica  para os quadrinhos. Miller entrou de sola com Cavaleiro das trevas, Ronin; Moore revolucionou com Monstro do Pântano, Watchmen e outros. Claro, Gaiman criou Sandman e Dematteis a injustiçada Moonshadow. Havia espaço para novas tentativas, e novas formas de explorar o meio quadrinhistico, com o crescente respeito ganhado pelas Graphic Novels, o termo chique que passou a denominar as hqs de temáticas adultas.Nesse contexto, a Marvel investiu no futuro representado pelos computadores para explorar um pouco mais, e não por acaso, o personagem escolhido para isso foi o Homem de Ferro, o personagem sinônimo de tecnologia. Continuar lendo

Dia dos namorados na Poltrona: Antes do amanhecer e antes do pôr-do-sol!

E para os casais que pretendem comemorar o dia dos namorados no sossego, a Poltrona indica os dois filmes de Richard Linklater e estrelados por Julie Delpy e Ethan Hawke.

Lançado em 1995, a primeira parte, “Antes do amanhecer”,mostra a francesa Celine e o norte-americano Jesse. Os dois são jovens na casa dos vinte e poucos anos, e se conhecem descendo de um trem em Viena.

O filme é calcado no tempo que os dois tem para passearem pela cidade até que tenham que seguir viagem, cada um para a sua casa, na manhã do dia seguinte. À deriva, seguem caminhando e conhecendo a cidade, enquanto conversam e se conhecem também. Continuar lendo

Conta Comigo.

Se a Poltrona fosse fazer uma lista dos seus dez filmes favoritos(ei, olha que boa idéia !), o filme de 1986, dirigido por Rob Reiner, com certeza estaria nela. Baseado no conto de Stephen King chamado “the body”, ou “O outono da inocência – O Corpo”, no Brasil, esse filme marcou a infância/adolescência de muita gente na sessão da tarde. Entretanto, é muito legal assistir o filme já depois de adulto. Continuar lendo

Um Feliz natal da Poltrona com o tio Patinhas!

Para celebrar a data à sua maneira, a Poltrona relembra o clássico de animação baseado em “um conto de natal” de Charles Dickens, a mãe das histórias de natal. No desenho, as criações da Disney fazem as vezes dos personagens do conto original, com Tio Patinhas no lugar do avarento Scrooge(o pato quaquilhionário foi baseado no personagem de Dickens, na verdade. o nome original dele é Scrooge…) Sobre a importância deste desenho, basta dizer que eu só conheci a história original de Dickens graças a animação. Assistam aí:

um feliz natal a todos!

La jetée.

Muitos não sabem, mas o ótimo “os 12 macacos” dirigido por Terry Gilliam e protagonizado por Bruce Willis foi inspirado num curta francês  de 1962 inteiramente em foto-montagens, “La Jetée”. O curta mostra um homem em uma  Terra pós 3°guerra mundial jogado no fluxo do tempo com o objetivo de descobrir a solução para os problemas do mundo. Dirigido por Chris Marker, vale a pena conferir:

Os pôsters de Drew Struzan

Para espanar o pó da Poltrona, um post rápido sobre o artista responsável pelos cartazes de filmes famosos que marcaram época: Drew Struzan. Depois de começar pintando capas de discos nos anos 70, em 77 ele foi convidado para pintar o pôster do episódio 4 de Star Wars. O resto é o resto. Seguiram-se trabalhos para outros filmes recordes de exibição na sessão da tarde:

Ele ainda empresta sua técnica para cartazes de filmes, como fez nos ultimos anos para Harry Potter e Hellboy, e foi recentemente homenageado no poster ilustrado de Super 8, longa de J.J Abrams.